Nosce te Ipsum

"Um quadro só vive para quem o olha" - Pablo Picasso

(Nosce te Ipsum)

domingo, 14 de novembro de 2010

Serei



"Serei"



Na linguagem do teu ser
Serei a língua do teu querer
Serei língua em tuas pernas subordinadas
Serei a língua de teu corpo falada
Serei todo o português
A frase em cada parte de ti, vez após vez,
Serei a prosa nos teus olhares
Serei o dizer quando falares
E quando nada disser: serei
Quando precisares de interjeição: tornar-me-ei
Uma palavreta ou um palavrão
Serei teu novo e teu antigo
Palavroso no português, no modernês objetivo
Serei do teu país a capital
Em ti serei homem e serei animal
Serei todo verbo incessante
Serei teu som tonitruante
Da tua vontade serei o espasmo
Serei também teu deleite esparso
Serei a exclamação que puxa o teu cabelo
Serei todo o verso ao dizê-lo
Serei cheiro e ânsia e fome e prazer
O teu direito serei e assim serei teu dever
Serei o que te devora, serei vontade
Serei o que nos devora, serei saudade
E serei intenso, íntimo, serei teu gozo
Serei suave e pleno, serei estrondoso
Serei a oração escrita em tuas costas
Serei todas as palavras sobrepostas
Serei o significado em ti, por trás
Serei toda a tua guerra e toda a tua paz
Do teu livro serei o clímax
Uma, duas, três, inúmeras vezes
Do teu soneto serei as rimas
Serei a língua de teus prazeres
Serei a saliva da tua boca
Serei a secura quando estiver rouca
Serei do teu olhar a malícia
Serei do teu banquete a delícia
Serei teu ontem, teu hoje e teu amanhã
Em ti serei calor e tua febre terçã
Serei o sentir da loucura no teu pensamento
Do teu líquido serei o corrimento
Serei da força o sentido e o movimento
Das tuas curvas eu serei a tremedeira
Serei os parênteses que seguram teu quadril
Serei o adjetivo que voraz te beija
Não serei apenas um, mas serei mil
Serei a língua que passa nos teus lábios
Serei o não dizer dos poetas, dos sábios
Serei dos teus poros a confusão
Na tua pele por completa serei a mão
Serei a cor do teu seio formoso
Serei a respiração em teu pescoço
Serei a palavra que abala tua estrutura
Serei a poesia da tua literatura
Serei como um poema a entrar em ti
E como o suor a sair de ti na transpiração
Serei a falta de senso no teu corpo,
Serei brasa, serei amor e serei paixão.
Serei a tua paz e a tua loucura,
Serei teu cansaço e tua fervura,
Serei teu suspiro e teu grito,
Serei teu silêncio e teu gemido,
Serei tudo que declamo,
Serei teu descanso e teu eu te amo.

Serei, mas não serei agora
Serei tudo num momento
Quando chegar a hora
Agora sou perfume, sou miragem, sou vento...


(Por Marcos P. S. Caetano - 02h17 de 26 de Abril de 2010)




Palavra da Vez:

ser (ê)
(latim sedeo, -ere, estar sentado)
v. cop.
1. Serve para ligar o sujeito ao predicado, por vezes sem significado pleno ou preciso (ex.: o dicionário é útil).
2. Corresponder a determinada identificação ou qualificação (ex.: ele foi diplomata; ela é muito alta).
3. Consistir em.
4. Apresentar como qualidade ou característica habitual (ex.: ela é de manias; ele não é de fazer essas coisa).
5. Estar, ficar, tornar-se.
6. Exprime a realidade.
7. Acontecer, ocorrer, suceder.
8. Equivaler a determinado valor, custo ou preço (ex.: este relógio é 60€).
v. tr.
9. Pertencer a (ex.: o carro é do pai dele).
10. Ter como proveniência (ex.: o tapete é de Marrocos).
11. Preferir ou defender (ex.: eu sou pela abolição da pena de morte).
v. intr.
12. Exprime a existência.
13. Acontecer, suceder (ex.: não sei o que seria, se ele se fosse embora).
14. Indica o momento, o dia, a estação, o ano, a época (ex.: já é noite; são 18h00).
v. auxil.
15. Usa-se seguido do particípio passado, para formar a voz passiva (ex.: foram ultrapassados, tinha sido comido, fora pensado, será espalhado, seríamos enganados).
s. m.
16. Aquilo que é, que existe. = ente
17. O ente humano.
18. Existência, vida.
19. O organismo, a pessoa física e moral.
20. Forma, figura.
a não ser que: seguido de conjuntivo, introduz a condição para que algo se verifique (ex.: o atleta não pretende mudar de clube, a não ser que a proposta seja mesmo muito boa).
não poder deixar de ser: ser necessário; ter forçosamente de ser.
não poder ser: não ser possível.
não ser para graças: não gostar de brincadeiras; ser valente.
o Ser dos Seres: Deus.
ser alguém: ser pessoa importante e de valia.
ser com: proteger.
ser dado a: ter inclinação para.
ser da gema: ser genuíno.
ser da mesma panelinha: estar de acordo com outras pessoas; combinar bem com elas.
ser da pele do diabo: não lhe doerem as pancadas; ser inquieto, traquinas.
ser de crer: ser crível; merecer fé.
ser homem: ter grandes qualidades ou aptidões.
ser pensante: o homem.

4 comentários:

  1. Intenso.

    "Serei a tua paz e a tua loucura,
    Serei teu cansaço e tua fervura,"

    Eita!

    ResponderExcluir
  2. lindo,lindíssimo,queira ser tudo onde tudo é não querer .

    Abraço!

    ResponderExcluir
  3. Lucas, "queira ser tudo onde tudo é não querer."
    Gosto desse estoicismo a la Ricardo Reis ^^
    abraço


    Tatiana, sentir-se... se o disse, realmente me parece, já que tem profundidade nisso. Sds tbm. Bjs


    Gabriela, primeiramente, e mais uma vez, lisongeado com o meu canto cantando no seu canto. E intenso... é, esse posso dizer que o tem. E gostei do "Eita" tb, rsrs
    Abraço

    ResponderExcluir